COLUNA FATO'S

20/06/2020 - Economia Criativa

Economia Criativa
Em tempos de turbulência econômica e política, reclusão e fechamento de comercio, muitas vezes é preciso ser criativo para sobreviver à crise, você já refletiu sobre isso?
Temos muitos talentos que nem sempre são explorados com o nosso cotidiano, mas quando colocamos nossa imaginação para gerar algum valor econômico, geramos a Economia Criativa.
Este tipo de economia pode gerar empregos, ajudar famílias e já movimenta mais de 2,65 % do PIB Brasileiro, de acordo com o Banco Nacional de Desenvolvimento. 
Quando se trabalha com a criatividade, são infinitas as possibilidades. Independente da pandemia nosso hábito não muda, os consumos giram em torno de livros, educação, filmes, comida, bem estar e cuidados com a casa. 
A economia criativa é o boom do empreendedorismo no Brasil, assim é necessário observar contratos de atuação e fazer adendos conforme necessário. 
Algumas dicas fazem a diferença para ser um empreendedor criativo:
1 – Estar aberto a novas ideias e buscar soluções além daquilo que se vive. 
2 – Ser curioso, pesquisando possibilidades e conhecimento
3- Acreditar em seu potencial criativo
4- Esgote as possibilidades, criando uma quantidade de ideias e depois as qualificando
5- Crie um plano de negócios analisando seus recursos e metas
6 – Busque fornecedores parceiros
7- Crie um logotipo para divulgar seu protótipo e explore as redes sociais para divulgar

Você com certeza terá vários desafios, mas se souber aliar suas habilidades criativas, acrescidas a bons comportamentos empreendedores e cuidados pessoais, seguramente terá condições vivenciar desafios .

COMPARTILHAR:

PSICOLOGIA, Universidade de Franca, 2003. FORMAÇÃO EM POLITICAS PUBLICAS E ESTRATÉGIAS, ADESG, 2007. POS GRADUAÇÃO PSICOPEDAGOGIA, UNIVERSIDADE DE FRANCA 2010. POS GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA DO TRANSITO, setembro 2011. RÁDIALISTA, DIRETORA DA RÁDIO VIDA NOVA FRANCA

Sobre a Coluna


nossanoite.com.br - 2002 - 2015 - Todos os direitos reservados desenvolvido por Alsite