NOTÍCIAS

População se revolta e passa a reagir contra assaltantes 07/02/2016
Cansada de ser ameaçada e ficar com o prejuízo de ações de roubos, populares e comerciantes de Franca tomaram uma atitude arriscada, mas reagiram contra assaltantes e chegaram a prender criminosos. No bairro Santa Terezinha um ladrão de 19 anos foi agredido por clientes de um bar e Vila Aparecida uma comerciante reagiu a um assalto e bateu em dois bandidos com um cabo de vassoura. O primeiro caso registrado pela Polícia Militar na noite da última sexta-feira aconteceu no bairro Santa Terezinha. Um homem armado com uma faca invadiu um bar e rendeu a filha da proprietária do estabelecimento. O homem chegou a agarrar a mulher de 33 anos pelo pescoço e fez ameaças de matar a vítima. 

Após pegar R$ 300 em dinheiro que estavam na gaveta do caixa, o ladrão se preparou para fugir, mas foi impedido pelos clientes. Várias pessoas que estavam no bar partiram pra cima do bandido e agrediram o rapaz com garrafadas. A policia foi acionada e conseguir evitar que o rapaz de 19 anos, que mora no mesmo bairro fosse ferido com mais gravidade. Frequentadores do bar informaram que um comparsa do marginal, conseguiu fugir das agressões e levou a faca utilizada para render a vítima. 

Na vassoura 

Em outro caso de reação contra bandidos, uma comerciante de 71 anos não se conformou que o roubo praticado por dois menores em seu estabelecimento e com um cabo de vassoura, bateu nos marginais que acabaram presos. A confusão aconteceu na Avenida Brasil, também na noite de sexta-feira. A comerciante MCGS estava no caixa do estabelecimento quando dois bandidos entraram e anunciaram o roubo, a dupla de menores com idades de 14 e 17 anos, roubou um telefone celular da comerciante e não esperavam a reação da vítima. 

Antes que pudessem sair do estabelecimento, a mulher com um cabo de vassoura, agrediu os marginais. Foram vários golpes e os bandidos, machucados ainda tentaram escapar. A polícia localizou a dupla,bastante machucados ainda nas imediações. Os bandidos foram levados ao plantão policial e ficaram a disposição da justiça. 

Ação perigosa

As autoridades reafirmam o perigo de se reagir a uma ação de assalto. Segundo policiais civis e militares ouvidos pela reportagem, nenhum cidadão pode se expor desta maneira para tentar reaver o bem roubado pelos marginais. Para a polícia, o ato de reagir a um assalto pode trazer riscos a vida da vítima, uma vez que o bandido na maioria das vezes esta armado com facas ou armas de fogo. As autoridades reforçam que apesar de revoltante a ação de bandidos não deve ser combatida desta forma. O importante, segundo as autoridades, é manter a calma e colher o máximo de características possíveis do assaltante. 

Estas informações irão facilitar o reconhecimento do bandido através de álbuns de suspeitos nas delegacias e apoiar as viaturas em uma abordagem. 

FONTE: francanoticias.com.br

nossanoite.com.br - 2002 - 2015 - Todos os direitos reservados desenvolvido por Alsite