NOTÍCIAS

Prefeitura prepara mobilização geral contra a dengue 26/01/2016
A Prefeitura, através da Secretaria de Saúde, com as equipes de agentes sanitários, da Vigilância Ambiental, e a participação da sociedade civil, por meio do Comitê de Mobilização Social, recém-constituído, está empenhada em uma grande mobilização a ser realizada no próximo sábado no combate ao mosquito da dengue. Isso sem prejuízos das ações contínuas, que continuam sendo realizadas durante a semana, revelou o diretor da Vigilância, José Conrado Netto, pontuando que, entre outros bairros que receberão intervenções mais fortes no sábado, constam os Jardins Panorama, Paulistano, Brasilândia e setores do Jardim Francano.

Aquelas pessoas que desejarem se juntar à equipe da Vigilância, como voluntárias, podem fazê-lo a qualquer momento, bastando que entrem em contato no telefone: 3711-9402, no Disque Dengue, para receber as orientações gerais. Uma reunião preparatória foi agendada para a noite dessa terça-feira, a partir das 19 h, para definição de estratégias de trabalho.
“O propósito da mobilização”, relata a secretária municipal de Saúde, Rosane Moscardini Alonso, é manter a população em alerta e ciente de que o êxito no combate ao foco do mosquito depende da ação de cada cidadão.  O quadro em níveis estadual e nacional vem se agravando a cada dia. Por isso, a necessidade de cada pessoa fazer a sua parte, auxiliando os agentes da Força Tarefa.

Polícia Militar e Corpo de Bombeiros, bem como outros órgãos estaduais, estão ajudando, contribuindo nos arrastões e na operação de mobilização programada para o sábado nas áreas mencionadas. A cidade está mapeada eletronicamente, com os pontos de maior incidência e a prioridade tem sido agir nessas regiões, com visitas nos domicílios, abordagens dos moradores e orientações com a distribuição de material informativo.

O Comitê de Mobilização Social contra o Aedes Aegypti está constituído e aberto para a participação de quem quiser se juntar à equipe.  O foco são os criadouros do mosquito, pois evitando a proliferação, previne-se as versões mais sérias da doença, que são a chikungunya e o zika vírus. Outras informações no telefone: 3711-9408.
FONTE: francanoticias.com.br

nossanoite.com.br - 2002 - 2015 - Todos os direitos reservados desenvolvido por Alsite