NOTÍCIAS

DISE encontra 174 pés de maconha no interior de mansão 22/12/2015
A Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes (DISE), identificou uma plantação de maconha que vinha sendo cultivada no quintal de uma mansão no bairro Vale da Lua Azul, na zona sul da cidade. 

A casa no bairro de classe alta escondia uma verdadeira plantação de maconha. As mudas estavam divididas em canteiros no quintal da casa e parte da erva estava sendo cultivada em vasos que ficavam em uma varanda da residência. O morador, um promotor de eventos de 35 anos foi preso em flagrante e recolhido a cadeia. 

Os policiais da DISE, comandados pelo delegado Djalma Donizete Batista receberam denuncias de que a casa estaria sendo utilizada para cultivar a droga. |com um mandado de busca e apreensão, os agentes e investigadores foram até o endereço citado, que fica na zona sul, em um dos pontos mais caros da cidade. 

Assim que entraram na casa, no final da tarde de segunda-feira, os policiais foram aos fundos do imóvel e localizaram a enorme plantação de maconha. A plantação estava dividida em canteiros, separados por tamanhos. Ao ser surpreendido, o morador de 35 anos, RFMG, que trabalha como promotor de eventos, relatou que utilizada da plantação para pesquisas cientificas e uso medicinal. 

A alegação do rapaz não convenceu o delegado Djalma que determinou a prisão dele em flagrante e a retirada dos pés de maconha da casa. Durante a revista ao imóvel, o morador acabou informando a existência de mais outros pés de maconha que estavam em uma varanda da mansão. 

Um total de 44 vasos com mudas menores foi localizado. No total, 174 pés de maconha foram apreendidos. O promotor de eventos foi levado a sede da DISE e depois de ser autuado em flagrante foi recolhido ao Centro de Detenção Provisória (CDP). 

A plantação de maconha que pesou um total de mais de seis quilos foi levada a delegacia, onde ficará armazenada até a decisão da justiça para ser destruída. As investigações sobre o caso continuam. A Polícia Civil busca saber que seriam os possíveis compradores da droga que era cultivada pelo morador. 

FONTE: francanoticias.com.br

nossanoite.com.br - 2002 - 2015 - Todos os direitos reservados desenvolvido por Alsite