NOTÍCIAS

Gerente de banco envolvido em fraude ganha liberdade 07/12/2015
Um dos gerentes do Banco do Brasil de Guará, suspeito de integrar um esquema que desviou cerca de R$ 35 milhões de financiamentos agrícolas, foi solto na madrugada do último domingo. Ele cumpriu cinco dias de prisão temporária na sede da Polícia Federal em Ribeirão Preto. 

A prisão dos dois gerentes do banco e de mais três pessoas envolvidas na fraudes em financiamentos agrícolas aconteceu na semana passada. Segundo informações, o gerente do banco, que ganhou a liberdade voltou para Guará, mas ficará afastado de suas funções até que as investigações sobre o caso sejam finalizadas. 

A Polícia Federal não informou se os outros presos também terão direito a liberdade. Um dos gerentes do banco, que continua preso, havia pedido demissão do cargo ao descobrir que o banco preparava uma auditoria interna para apurar o caso. O ex-gerente está sendo apontado como o líder do esquema de fraudes. 

Um total de trinta pessoas foram usadas como laranjas e tiveram os nomes ligados a fraude nos empréstimos agrícolas. Sete envolvidos já foram ouvidos em depoimento, quinze pessoas já foram identificadas. Após terem a documentação aprovada junto a gerência do banco, o valor dos financiamentos era liberado em uma conta bancária, e logo em seguida, o dinheiro era sacado pelos golpistas. Com os documentos falsos, o banco não conseguia cobrar as dividas. 

Os envolvidos no esquema responderão por gestão fraudulenta, uso indevido de dinheiro público, integração de organização criminosa, estelionato e lavagem de dinheiro.

FONTE: francanoticias.com.br

nossanoite.com.br - 2002 - 2015 - Todos os direitos reservados desenvolvido por Alsite