NOTÍCIAS

Justiça nega prisão domiciliar a comerciante que matou bancária 06/11/2015

A justiça negou o pedido de prisão domiciliar ao comerciante que matou a bancária Rosane Berteli no mês de setembro no centro de Franca. 

A advogada de Breno Resende havia solicitado a saída do comerciante do CDP e pediu para que ele fosse levado pra casa, onde ficaria sobre os cuidados da família.

Com o pedido negado, Breno continuará no CDP de Franca e poderá ser transferido para outra unidade prisional que possa atender as suas necessidades de saúde. 

O comerciante apresenta problemas na fala, não anda sozinho e usa fraldas. As sequelas são resultados do tiro que foi dado por ele contra a própria boca, minutos depois de matar a ex-namorada.  

FONTE: francanoticias.com.br

nossanoite.com.br - 2002 - 2015 - Todos os direitos reservados desenvolvido por Alsite