NOTÍCIAS

Alckmin baixa decreta e proíbe imprensa de ter acesso a dados da criminalidade 09/03/2016
O Governador Geraldo Alckmin (PSDB), baixou um decreto onde proíbe que meios de comunicação do Estado de São Paulo tenham acesso a dados criminais registrados nas delegacias da Polícia Civil e bases da Polícia Militar. Com a proibição, os delegados estão proibidos de permitir o acesso ao Boletim de Ocorrência. A decisão foi anunciada no inicio desta semana e já foi motivo de reunião em todas as delegacias do Estado, onde policiais civis foram orientados a cumprir a nova regra. 

A decisão de Alckmin foi tomada devido a um desentendimento com o Jornal Folha de São Paulo que questionou quanto os números da criminalidade na capital paulista. O jornal divulgou dados diferentes do que foi disponibilizado pela Secretaria de Segurança Pública e questionou o governo estadual quanto aos números. A reportagem causou irritação no líder do governo do Estado que decidiu proibir os acessos a documentos ligados a criminalidade. A decisão já esta valendo e fica a cargo de cada delegado, emitir ou não uma espécie de relatório com os boletins de ocorrência registrados no dia. 

Neste relatório não poderão constar o nome das vítimas, indiciados e nem o endereço onde o fato ocorreu. 

FONTE: francanoticias.com.br

nossanoite.com.br - 2002 - 2015 - Todos os direitos reservados desenvolvido por Alsite