COLUNA BLOG TILT

18/07/2016 - Final CBLOL 2016 – Rexpeita o “joguinho”

Salve Galera!!

Chegou ao fim mais um split do Campeonato Brasileiro de League of Legends. Mas essa final foi muito além de uma INTZ campeã, tivemos um dia histórico com envolvimento muito grande das mídias em torno desse evento.



Com uma estrutura impecável e de nível internacional a organização do evento mais uma vez acertou. Utilizando o ginásio Ibirapuera como palco dessa festa conseguindo acomodar mais de 10 mil pessoas em uma final emocionante. Com vários telões e uma ótima iluminação pudemos acompanhar essa final em grande estilo. 



Além da ótima estrutura do evento tivemos a nossa maior conquista, a final teve cobertura de diversos sites e ainda uma série de matérias que foram transmitidas durante a semana na Rede Globo e nos sites de toda a rede Globosat. Acima de tudo a final foi transmitida pela Sportv 2 ao vivo e quem não pôde estar no estádio nem em alguma sessão de cinema pôde acompanhar em casa pela televisão. Um dos pontos mais fortes foi a cerimônia de abertura na qual tivemos desde o tema do CBLOL interpretado por uma cantora e por uma DJ Sona até uma batalha épica entre as skins Projeto do Master Yi e do Yasuo com uma chegada triunfante e de arrepiar da Leona.

O grande embate do dia estava nas mãos de CNB e INTZ que tiveram a oportunidade de mostrar porque estavam ali para mais de 10 mil pessoas presentes e sendo transmitido para o Brasil inteiro.



Tivemos um primeiro jogo em que a CNB buscou uma composição de proteção porém o nervosismo fazia com que eles buscassem as lutas e acabassem se dando mal, já a INTZ com sua experiência abusou desse erro e garantiu a primeira vitória na MD5. No segundo jogo tivemos uma CNB buscando surpreender, com o Pick de Taliyah no Mid deixando os jogadores da INTZ isolados em diversos momentos e de Zyra como suporte dando muito dano e deixando a INTZ sem reações. Já no terceiro jogo Minerva jungler da CNB estava calibrado e a todo instante buscava dar a vantagem para o seu time inclusive roubando um Dragão e um Barão, porém Jokster com seu Azir “fechava a casinha” em todas as TFs e foi fundamental pra seu time conseguir o 2X1 na grande final. No quarto jogo tivemos um começo cauteloso de ambas as equipes porém a INTZ soube fazer melhor as rotações e com um Micão muito a frente do PBO puderam se tornar os campeões brasileiros.
Parabéns aos INTepidoZ por mais essa vitória no jogo e que possam representar o Brasil muito bem no IWQ e levar mais uma vez a bandeira do Brasil para o Mundial. Mas parabéns principalmente à conquista do League of Legends que deixa de ser apenas um “joguinho” e começa cada vez mais alcançar as pessoas como um esporte onde existem times do coração, jogadores idolatrados e acima de tudo uma torcida emocionada.










COMPARTILHAR:

08/07/2016 - Preview: Preacher (Season 01)

Salve galera!

Antes de mais nada, mesmo sendo um dos únicos membros da equipe que lê quadrinhos com certa regularidade, devo fazer uma confissão: nunca li nada além da primeira edição do clássico de Garth Ennis, Preacher, que serviu de base para essa adapatação do canal AMC. Ou seja, esse Preview trará uma análise do produto como se autônomo fosse, e não como adaptação. Sinceramente, pelo pouco que me lembro da leitura que fiz da primeira edição de Preacher, uma análise nesses termos não trará grandes prejuízos, afinal, apesar da mesma linha base, o primeiro episódio do seriado segue caminho claramente distinto ao das HQs.



Conforme já é de praxe, as opiniões aqui expressas dizem respeito unicamente ao episódio de estreia da primeira temporada do seriado televisivo, podendo serem reafirmadas ou alteradas em um eventual Review da temporada completa. Iniciemos com a sinopse: “Jesse Custer é um ex-pastor que foi possuído por uma entidade chamada Gênesis, que fugiu do Paraíso e está sendo procurada pelos anjos. Quando Jesse e Gênesis se tornam um só, os anjos enviam o Santo dos Assassinos, um matador do Século XIX, para perseguí-lo”.

A série começa com fotografia e efeitos visuais demasiadamente caricatos, ao ponto de que, ao menos nos primeiro instantes, houve dúvida se aqueles eram efeitos visuais ou se havia algo errado com o televisor. Porém, não são só os primeiros segundos que trazem estranheza, e “caricato” talvez seja a palavra que melhor define este primeiro episódio.



A trilha sonora é o grande destaque, e certamente foi a principal responsável por não gerar uma desistência da série já nos primeiros minutos. Esta, em conjunto com a ambientação, evoca algumas das obras do diretor Robert Rodriguez, em especial, Machete.

E assim como em Machete, o absurdo e a galhofa são presenças constantes no roteiro, parte integrante e indissociável da obra. Se essa evocação ao trash não te agrada, fique longe, pois é garantido que o produto apresentado não agradará. Talvez o desconhecimento do material base seja o grande responsável pela expectativa equivocada criada por mim, pela ideia de que teria a minha frente um material sério e sombrio.



A superação da estranheza, porém, aguça a curiosidade pelo material, ou seja, para aproveitar este primeiro episódio é necessário aceitar o bizarro, começando pelas personagens, representadas por atuações que não comprometem, mas também não se destacam, até a premissa, que se bem trabalhada, pode gerar um clássico, mas mau conduzida transformará a série em piada de mau gosto. Qual será o resultado final? Só o tempo dirá.

Hasta!

COMPARTILHAR:

Páginas:

  • 1
  • O Blog Tilt é um coletivo de ideias, informação e cultura, formado por garotos apaixonados pelos diversos aspectos da cultura nerd/pop, que compartilham suas criticas e opiniões sobre cinema, tv, games, literatura e tudo que envolva este universo. Além de participar dos principais eventos da região.

    Site: http://tilt.blog.br

    Fanpage: fb.com/blogtilt

    Sobre a Coluna

    Análises, notícias e dicas para todos os que apreciam cinema, televisão, games, literatura, cobertura de eventos, entre outros assuntos do universo nerd.


    nossanoite.com.br - 2002 - 2015 - Todos os direitos reservados desenvolvido por Alsite